Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Zona Pedonal de ALMADA

 

 
 
Almada tem a Zona Pedonal Mais Movimentada do Mundo!
 
O centro de Almada é hoje, provavelmente, a zona pedonal mais movimentada do Mundo!
Com a entrada em funcionamento do Metro Sul do Tejo, grande parte do eixo da Avenida central de Almada passou a ser uma zona pedonal, para valorizar o comércio local e devolver às pessoas a fruição do espaço público.
Acontece que toda a zona está sinalizada como pedonal, mas é hoje invadida pelo intenso tráfego automóvel:
a)      Com cargas e descargas avulsas;
b)      Com circulação automóvel: A autorização de circulação é regra e não excepção a que se junta a circulação de centenas de outros automóveis não autorizados;
c)       Ao longo da Avenida, os bancos que supostamente serviriam para que as pessoas tivessem oportunidade de tirar partido espaço público, estão colados aos lugares de estacionamento. A vista não é a Avenida, mas sim o carro que se estaciona;
d)      Ao contrário do que é suposto, os autocarros circulam na zona pedonal.
 
A pedonalização do eixo central de Almada estava prevista no Plano de Mobilidade Acessibilidades 21, que custou muitos milhares de euros aos munícipes de Almada.
A Comissão de Acompanhamento deste Plano de Mobilidade Acessibilidades 21, logo em 2002, tinha chamado “a atenção da Câmara para o elevado nível de exigência que implica em termos de acompanhamento, a concretização das medidas do plano bem como a gestão corrente do modelo de deslocações preconizados”, no entanto:
ü      A realidade mostra que a Câmara de Almada não preparou convenientemente a entrada em funcionamento do Metro Sul do Tejo.
ü      A realidade mostra que a valorização do eixo central de Almada tem como principal obstáculo a incompetência da Câmara de Almada.
ü      A realidade mostra que a Câmara de Almada não sabe dar resposta às exigências de implementação do Plano de Mobilidade.
 
Em resumo: não há memória, nas diversas autarquias da Área Metropolitana do Porto, de tanto pandemónio na gestão da via pública com a entrada em funcionamento de um sistema de Metro Ligeiro de Superfície, como a que existe em Almada. O actual executivo camarário não está à altura de tirar o melhor partido dos benefícios que poderiam decorrer do MST para uma melhor mobilidade aos Almadenses.
 
O PS alertou a Câmara para estas situações nos órgãos municipais. A Câmara de Almada preocupou-se mais em gastar dinheiro a criar uma empresa municipal para gerir o estacionamento e a gastar avultadas somas em acções de propaganda da zona pedonal e não foi e não é capaz de garantir o óbvio: uma zona pedonal para peões. É uma vergonha Almada ter a zona pedonal mais movimentada do Mundo, em que espaços para peões são disputados por autocarros e outras viaturas.
O PS vai apresentar na próxima Assembleia Municipal uma proposta para obrigar a Câmara de Almada a garantir que as zonas pedonais sejam efectivamente para peões.
A mobilidade dos peões estará em discussão pública no Grupo da Mobilidade e Coesão Territorial do Espaço Almada 2009 (o movimento criado pelo PS/ Almada para as Autárquicas 2009) no próximo mês de Fevereiro.
Almada, 22 de Janeiro de 2009
PS/ Almada
publicado por motssa às 13:08
link do post | comentar | favorito
|

Pesquisar no blog

 

Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

ADEUS!

DEBATE DE 06.10.2009

NOVO DEBATE

CAMPANHA AUTÁRQUICA

Programa Eleitoral

...

...

COMO FOI O DEBATE?

DEBATE ENTRE TODOS OS CAN...

DEBATE ENTRE TODOS OS CAN...

Arquivo

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Links

Contador

Visitantes